segunda-feira, 2 de março de 2009

Importancia da Vacina B.C.G.

Em São Paulo, uma investigação da eficácia da vacina BCG, utilizando metodologia de caso-controle, foi feita analisando a proteção da vacina contra instalação da forma meníngea da doença entre crianças com idade inferior a 5 anos. Apesar de 52% dos 73 casos estudados terem recebido vacina, verificou-se eficácia protetora vacinal de 87%, quando comparada com controles hospitalares e 90% quando comparada com controles domiciliares.Ainda com relação à eficácia da vacina, no Brasil, podemos dizer que a amostra brasileira BCG-Moreau-Rio tem alta virulência residual (multiplicação e sobrevida dos germes no organismo vacinado), produz poucas reações indesejáveis, induz grande hipersensibilidade tuberculínea e tem alto poder protetor. O laboratório de referências da OMS em Copenhagen, para produção da vacina BCG, testou as diferentes vacinas produzidas no mundo, classificando a Moreau-Rio como a estirpe de maior virulência residual. Também a maior proteção foi obtida pela vacina brasileira junto com somente mais duas (Rio-Paris-Madras) de um grupo de 11; este teste foi feito em animais vacinados que depois receberam desafio com o bacilo virulento. A vacina que induziu maior sensibilidade tuberculínica foi a Moreau, mas não foi a que apresentou maior reação vacinal. Estudos feitos pela Divisão de Produtos Bacterianos nos Estados Unidos, classificaram a estirpe Moreau como primeira num grupo de seis em relação ao aumento do tamanho do baço nos animais vacinados, devido à infiltração e multiplicação celular, que são de importância na instalação da imunidade adquirida.No Brasil, as campanhas de vacinação são consideradas eficazes. A partir das últimas décadas, o programa de combate às doenças fica a cargo no Ministério da Saúde, através de vários programas que atendem o país de norte a sul. A campanha que normalmente acontece durante o mês de junho vacinou no ano de 2000, mais de 16 milhões de crianças, tendo inclusive um mascote chamado de Zé Gotinha.O Ministério da Saúde no Brasil recomenda que a primeira vacinação da BCG aconteça a partir do primeiro mês de vida ou durante o primeiro ano de vida. A dose de reforço acontece após os 10 anos de idade. As reações previsíveis são as erupções avermelhadas na pele, as chamadas exantemas. A vacina, em alguns casos, pode deixar uma pequena cicatriz.Em nosso país existe o Programa Nacional de Imunizações. Constam nesse programa, a vacina BCG contra a tubercolose, a Tríplice contra a coqueluche, difteria e tétano, a vacina contra o sarampo e a vacina Sabin contra a poliomelite. Em termos de saúde pública, o programa brasileiro é um sucesso e seus resultados são considerados maravilhosos. Ele praticamente acabou com essas doenças no Brasil. Além disso, o programa brasileiro está entre os mais eficazes.

Fonte:http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3517&ReturnCatID=1765

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário